Veja cinco alimentos que atrapalham o emagrecimento e prejudicam a dieta

0
482

Nutricionista faz alerta e lista cinco alimentos que atrapalham o emagrecimento e prejudicam a dieta: Tapioca, açaí, pasta de amendoim, barrinha de proteína e snacks sem glúten são ricos em calorias (Foto: Reprodução do Instagram)

Nutricionista faz alerta e lista cinco alimentos que atrapalham o emagrecimento e prejudicam a dieta: Tapioca, açaí, pasta de amendoim, barrinha de proteína e snacks sem glúten são ricos em calorias 

Quem nunca pegou dicas com aquela amiga que fez dieta e emagreceu de forma rápida e comendo bem? Desde que as musas fitness começaram a mostrar rotina de beleza ealimentação nas redes sociais, fãs e seguidores começaram a repensar sobre os alimentos que estavam consumindo e acabaram adotando as “dicas” de quem tem barriga chapada e bumbum perfeito. No entanto, a frustração acaba aumentando quando o resultado esperado parece não dar efeito.

A especialista Sabrina Theil, nutricionista da Clínica Juliana Neiva e queridinha das famosas, alerta que cada pessoa precisa de uma dieta personalidade e que consumir lanches da moda pode até criar o efeito contrário.  “Tapioca, açaí, pasta de amendoim, barrinha de proteína e snacks sem glúten geralmente são ricos em calorias. Cada um tem sua função no cardápio e doses extras podem fazer você engordar”, alerta a médica. Veja dicas da especialista para não cometer erros simples e comuns no seu dia a dia.
Nutricionista faz alerta e lista cinco alimentos que atrapalham o emagrecimento e prejudicam a dieta: Tapioca, açaí, pasta de amendoim, barrinha de proteína e snacks sem glúten são ricos em calorias (Foto: Reprodução do Instagram)Tapioca, açaí e pasta de amendoim devem ser
consumidos com moderação (Foto: Reprodução)

Tapioca
Por não ter glúten, a tapioca logo virou uma boa opção para substituir o pão francês. Isso, no entanto, não quer dizer que ela não engorda ou que é totalmente saudável. Ela é feita com a fécula extraída da mandioca. Ou seja: é um carboidrato simples, o que significa que o açúcar é rapidamente absorvido pelo organismo, levando a um pico de insulina no sangue, favorecendo o acúmulo de gordura. O ideal é utilizar 2 colheres de sopa da goma de tapioca + 1 colher de sopa de farinha integral (como chia, linhaça, amaranto e aveia). Nada de rechear com leite condensado e coco. Prefira queijo branco ou ricota.

Açaí
O fruto é rico em proteínas, fibras, lipídios, vitamina E e minerais, que são excelentes antioxidantes. O problema é que geralmente a polpa de açaí é consumida com a adição de xarope de guaraná, que tem alto teor de açúcar. Muitas pessoas também capricham nas doses de granola e fruta (banana ou morango), deixando o lanche muito calórico e prejudicando o processo de emagrecimento. O ideal é consumir a polpa natural com uma fruta e em pequenas quantidades. Nada de potes enormes.

Pasta de amendoim
Este alimento é muito popular nos Estados Unidos e atualmente está fazendo sucesso entre os esportistas e adeptos da alimentação funcional no Brasil. O componente principal do produto é o amendoim, que é rico em proteínas, fibras, vitaminas e gorduras boas que ajudam na saciedade. O perigo está na frequência, na quantidade e no horário de consumo. Para não sabotarmos a dieta, o jeito é consumir com moderação: de 1 a 2 colheres de sopa no máximo por dia. Também vale a pena optar por versões naturais, sem conservantes e açúcares.

Alimentos sem glúten podem ser ricos em calorias. Produtos industrializados costumam ter mais gorduras e açúcares”
Sabrina Theil, nutricionista

Barrinha de proteína
Por ser um lanche superprático, o alimento é um produto totalmente industrializado e que pode conter conservantes. Geralmente, elas são bem calóricas por conterem açúcares e gorduras. Olhe o rótulo antes de comprar. O ideal é que o primeiro ingrediente a ser listado seja a proteína e que não tenha muitos ingredientes difíceis de entender.

Snacks sem glúten
Muitas pessoas que excluem o glúten da dieta, por necessidade nos caso de alergia e intolerância ou por opção, acabam incluindo snacks sem glúten como opção de lanche. Por serem vendidos em lojas de produtos naturais, os consumidores acreditam que são saudáveis. Estes produtos geralmente são mais calóricos do que os alimentos com glúten, já que são utilizados farinha de arroz, amido de milho, fécula de batata ou polvilho para dar liga. Por serem industrializados, podem ser ricos em gorduras e açúcares. A dica é olhar o rótulo e fazer escolhas menos calóricas.

Nutricionista faz alerta e lista cinco alimentos que atrapalham o emagrecimento e prejudicam a dieta: Tapioca, açaí, pasta de amendoim, barrinha de proteína e snacks sem glúten são ricos em calorias (Foto: Reprodução do Instagram)Produtos industrializados como barrinha de proteína e snacks sem glúten costumam ser ricos em gordura e açúcares. “Ver o rótulo é fundamental”, indica a nutricionista
Fonte: Cristiane Rodrigues Do EGO

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY